23 de novembro de 2020

Diretoria busca regularização do prédio de sua sede administrativa

Necessitando de reformas e melhorias no prédio sede da ASFAL, com adequação às normas da prefeitura, como a mobilidade para portadores de necessidades especiais, a diretoria da ASFAL se deparou com grandes divergências entre a documentação do imóvel registrada em cartório e na prefeitura com a área total efetivamente existente.

Neste sentido, a Diretoria da ASFAL está envidando todos os esforços necessários para regularização do imóvel. Os serviços de topografia já estão contratados e já iniciada a agilização da documentação na Prefeitura de Maceió e, em seguida, será no Cartório.

A intenção é correr contra o tempo para regularizar definitivamente o imóvel sede da ASFAL, sobretudo pelo considerável tempo já passado desde a sua aquisição.

MELHORIAS E REFORMAS NECESSÁRIAS
Após a regularização na Prefeitura e Cartório, a Diretoria dará início a algumas melhorias necessárias. Para a área de estacionamento o projeto é o reordenamento com um melhor aproveitamento dos espaços disponíveis e aumento do número de vagas, com calçamento e
marcação das vagas para os veículos, inclusive reserva de vagas para portadores de necessidades especiais.

Estão previstas também adequações nos espaços internos, contemplando uma melhor mobilidade, facilitando o acesso de seus usuários e associados, com realocação de salas e setores, dando uma nova dinâmica no funcionamento dos diversos setores da associação.

Um exemplo será a junção, em um único espaço, do funcionamento do setor financeiro e do contábil, que hoje funcionam em salas separadas. As assessorias jurídica e de comunicação
também deverão estar próximas da presidência, facilitando o fluxo de informações e a tomada de decisões.

O Presidente da ASFAL, Gustavo Calheiros, observa que: “são melhorias necessárias e urgentes. O estacionamento precisa ser reordenado, a calçada na área externa tá toda quebrada, entre outros aspectos que possam dar um melhor conforto aos nossos associados.

Infelizmente nos deparamos com mais essa dificuldade por conta da falta de regularização na escrituração do imóvel e, por enquanto, só poderemos fazer serviços de pintura. Nossos setores
jurídico e administrativo estão empenhados na busca da regularização. Vamos
resolver”.