5 de fevereiro de 2013

Zé Marcio recupera vaga na Câmara Municipal

José Marcio de Medeiros Maia, mais conhecido como Zé Márcio, ex-presidente da ASFAL e criador do ASFAL-SAÚDE e ODONTO-ASFAL, foi o único vereador do Fisco Alagoano eleito este ano.
Com uma votação de 5.480 votos, Zé Márcio destaca o trabalho feito por sua equipe de colaboradores, seu programa de televisão bem elaborado, juntamente com a dedicação de familiares, amigos e de muitos colegas de trabalho.
O vereador, que recupera seu mandato após quatro anos afastado da Câmara Municipal, diz que dedicará seu trabalho em duas frentes.
A primeira, voltada a um trabalho direcionado às comunidades e a cidade como um todo. A segunda, desempenhar um papel preponderante na atividade parlamentar, com elaboração de projetos e fiscalização dos serviços prestados a comunidade, pelos poderes públicos.
Zé Marcio destaca que tem procurado conscientizar a categoria da importância do Fisco ter representantes no parlamento. ‘’Em nosso primeiro programa no guia eleitoral, mostramos que já tivemos dois parlamentares na assembléia legislativa, portanto, se o Fisco quiser ter representatividade e voz, vai ter que trabalhar politicamente e eleger seus representantes’’, diz o vereador.
Não é de hoje que Zé Márcio trabalha em prol da categoria. Ele relata que em 1991, quando era presidente da ASFAL, ‘’João Eduardo (Dado), eu e mais alguns companheiros fundamos a FEBRAFITE, fui seu primeiro Vice- Presidente, sempre nos preocupamos em organizar nossa categoria, nossa entidade sabe a importância da representação política, só que nosso Fisco Alagoano precisa despertar, ouvi de vários colegas que já tinha prometido seu voto a outro candidato, temos que ser objetivos e votar em quem tem possibilidade de ganhar as eleições, precisamos deixar de ser amadores da politíca, pois, custa muito caro a categoria ficar sem representantes’’, declara Zé Marcio.
Na avaliação do vereador eleito, ‘’ o Fisco alagoano agoniza estruturalmente na atualidade, respeitadas as conhecidas ações que melhoraram a ação fiscal. Não existe responsabilidade com o patrimônio público, os prédios, veículos sistemas, tudo sucateado e o Fisco cala. Nossos gestores levarão consigo a mácula de ter acabado com a Escola Fazendária, de ter deixado todo o sistema de transporte acabar, tendo dinheiro do FUNCEFAZ em caixa’’, denuncia Zé Marcio.
O vereador eleito se dispõe a contribuir na mobilização da categoria, visando recuperar a estrutura física do Fisco Alagoano, seu sistema de informática e, então, lutar por outras demandas.
Apesar de ter sido convidado a fazer parte da bancada do futuro Prefeito, Zé Marcio diz que sua postura será de independência, sempre apreciando os projetos para atender aos anseios e necessidades da cidade.

5 de fevereiro de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *