18 de abril de 2005

José Thomaz Nonô reafirma seu compromisso com a aprovação da PEC-Paralela no Senado

O Vice-Presidente da Câmara dos Deputados, José Thomaz Nonô, foi o grande condutor da votação que, no último 16 de março, em Brasília, aprovou a chamada PEC Paralela, consagrando no seu texto benefícios para os servidores públicos, aposentados, pensionistas, advogados, delegados de polícia e fiscais de tributos dos Estados e do Distrito Federal.
O Governo do Presidente Luís Inácio Lula da Silva e seu partido, o PT, fizeram de tudo para impedir a votação. Derrotados na Câmara, tentam agora no Senado retirar os benefícios aprovados pelos deputados. Contam para isso com o apoio de alguns governadores, entre eles o de Alagoas, Ronaldo Lessa.
O Vice-Presidente da Câmara, José Thomaz Nonô, que além de presidir a sessão de 16 de dezembro, abriu as portas do seu gabinete para a delegação alagoana, ressalta que a luta ainda não terminou e que o esforço pela aprovação da PEC Paralela deve continuar no Senado Federal.
"O Governo do PT nunca fez nada pelos servidores públicos, pelos aposentados e pensionistas. Pelo contrário, a política que praticam os petistas é a da perseguição, e é contra isso que nos posicionamos", disse.
José Thomaz Nonô faz questão de ressaltar o trabalho e a luta do Presidente e do Vice-Presidente da Associação dos Fiscais de Alagoas, respectivamente Robson Gueiros e Cícero Angelino. apcalis sx tadalafil (generic cialis buy accutane paypal online, generic low price, cod cheap a … ) 20mg online in uk & us
"Há que se reconhecer a dedicação destes dois verdadeiros guerreiros, na luta pela concessão e agora pela manutenção dos benefícios, mais do que merecidos, ao servidor público alagoano", concluiu Nonô.

18 de abril de 2005

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *