19 de dezembro de 2005

Fisco Alagoano decide levar nova proposta ao governo

As entidades representativas do Fisco Alagoano, SINDIFISCO, ASFAL, ASSIFEAL e ASSEFAZ, realizaram uma grande assembléia da categoria (FOTO) nesta sexta-feira, dia 16 de dezembro, com a representação de todos os funcionários da Secretaria da Fazenda, para discutir uma proposta de reajuste salarial do governo, já que esses servidores estão há mais de 10 anos sem reajuste. the truth about high cholesterol | how to lower cholesterol – mercola
Por unanimidade, o Fisco Alagoano decidiu fazer uma contraproposta, deliberando pelo retorno às negociações, com a apresentação de uma nova proposta, amplamente discutida e aprovada pela categoria. O entendimento é que o Fisco tem exercitado bastante sua tolerância, enquanto outras categorias já receberam aumento superior ao que foi oferecido aos mesmos. bing.com-[en-us];cheap cytotec;http://www.rxlist.com;http://www.rxlist.com/cytotec-drug.htm;cytotec (misoprostol): side effects, interactions, warning …;learn about cytotec (misoprostol) may treat, uses, dosage, side effects, drug interactions, warnings, patient labeling, reviews, and related medications.
Foi lembrado por todos os que falaram, que o Fisco é quem arrecada para o Estado funcionar, e todos os serviços que o Estado presta aos cidadãos passa, necessariamente, pelo trabalho da categoria. Foi destacado ainda que a arrecadação estadual só tem crescido nos últimos anos, saindo de um patamar que não chegava a R$ 40 milhões, para mais de R$ 100 milhões atualmente.
O presidente da ASFAL, Robson Gueiros diz que “a expectativa de todos é que o governo seja sensível ao pleito que foi aprovado em assembléia, e será levado à mesa de negociação, pois trata-se de uma proposta que minimamente repara as perdas salariais sofridas nos últimos anos pelos servidores fazendários”, afirmou o presidente.

19 de dezembro de 2005

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *